14 Maio 2022, 12:36

Ucrânia: Rússia denuncia novo ataque a posto fronteiriço em Kursk

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Moscovo, 30 abr 2022 (Lusa) – Um posto fronteiriço na região de Kursk, sudoeste da Rússia, foi hoje alvo de novos ataques com morteiros a partir de território ucraniano, disseram as autoridades russas, citadas pela agência noticiosa espanhola EFE.


O governador de Kursk, Román Starovoit, assinalou na sua conta de Telegram que, cerca das 13:30 (hora de Lisboa), “foram lançados vários morteiros desde território ucraniano contra o posto fronteiriço de Krupets”.


O ataque foi repelido pelos guardas fronteiriços e pelo exército russo, adiantaram as mesmas fontes.


Não houve vítimas ou danos materiais a registar, acrescentou o governador local.


Nos últimos dias, Román Sarovoit denunciou a ocorrência de vários ataques alegadamente cometidos pela Ucrânia contra postos fronteiriços na região.


A região de Kursk faz fronteira com a região ucraniana de Sumy, palco de intensos combates.


A Rússia lançou em 24 de fevereiro uma ofensiva militar na Ucrânia que já matou cerca de três mil civis, segundo a ONU, que alerta para a probabilidade de o número real ser muito maior.


A ofensiva militar causou a fuga de mais de 12 milhões de pessoas, das quais mais de 5,4 milhões para fora do país, de acordo com os mais recentes dados da ONU.


A invasão russa foi condenada pela generalidade da comunidade internacional, que respondeu com o envio de armamento para a Ucrânia e o reforço de sanções económicas e políticas a Moscovo.



FC//CFF


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário