30 Setembro 2022, 03:31

Ucrânia: Sanções a Putin e Lavrov são sinal da “impotência” do Ocidente – Moscovo

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

As sanções aplicadas pela comunidade internacional contra o Presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o seu ministro dos Negócios Estrangeiros, Sergei Lavrov, são um sinal da “impotência” dos ocidentais, referiu hoje o porta-voz da diplomacia russa.

“As sanções contra o Presidente e o ministro dos Negócios Estrangeiros [da Rússia] são um exemplo e uma demonstração da absoluta impotência da sua própria política externa”, frisou Maria Zakharova, porta-voz da diplomacia russa, em declarações à televisão estatal daquele país.

Segundo a mesma fonte, as relações entre Moscovo e o Ocidente estão à beira de “um ponto sem retorno” face às sanções internacionais motivadas pela invasão da Rússia à Ucrânia, iniciada na madrugada de quinta-feira.

“Estamos perto de onde começa um ponto sem retorno”, sustentou Maria Zakharova na mesma entrevista.

Sem comentários

deixar um comentário