07 Julho 2022, 05:40

Ucrânia: Tropas de Kiev conseguem retardar avanço das forças russas – autoridade

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Londres, 22 mar 2022 (Lusa) — A resistência ucraniana retardou o avanço das forças russas, quase até parar, e a Ucrânia repeliu as tentativas dos invasores de tomarem o porto estratégico de Mariupol, disse uma autoridade ocidental.


Contudo, a mesma fonte confirmou que as tropas russas não foram afastadas de posições estabelecidas e ainda dispõem de capacidade para manter uma guerra de desgaste por algum tempo — tornando improvável um rápido avanço nas negociações destinadas a acabar com a violência na Ucrânia.


A autoridade – que falou à agência noticiosa Associated Press sob condição de anonimato para discutir assuntos de informação – disse que Odessa, outro porto estratégico no Mar Negro, é um objetivo fundamental para a Rússia, mas não há indícios de um cerco iminente.


Odessa tem sido poupada de um grande ataque, embora a Rússia tenha navios e submarinos a operar na costa do Mar Negro.


Os EUA também confirmam que a Rússia aumentou a atividade naval no norte do Mar Negro, mas não há indicações neste momento de um ataque anfíbio iminente a Odessa.


A Rússia lançou em 24 de fevereiro uma ofensiva militar na Ucrânia que causou pelo menos 925 mortos e 1.496 feridos entre a população civil, incluindo mais de 170 crianças, e provocou a fuga de mais 10 milhões de pessoas, entre as quais 3,48 milhões para os países vizinhos, indicam os mais recentes dados da ONU.


Segundo as Nações Unidas, cerca de 13 milhões de pessoas necessitam de assistência humanitária na Ucrânia.


A invasão russa foi condenada pela generalidade da comunidade internacional, que respondeu com o envio de armamento para a Ucrânia e o reforço de sanções económicas e políticas a Moscovo.



RJP // PDF


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário