03 Julho 2022, 19:11

Ucrânia: Voo de apoio ao regresso de portugueses será na segunda-feira

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



O voo de apoio ao regresso de uma parte dos cerca de 50 portugueses e luso-ucranianos que saíram da Ucrânia pela Moldova e Roménia será realizado na segunda-feira, anunciou hoje o Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE).

“Será realizado amanhã, segunda-feira 28 de fevereiro, um voo de apoio ao regresso de cidadãos portugueses e luso-ucranianos que saíram da Ucrânia nos últimos dias, sob organização da Embaixada em Kiev e alguns também por meios próprios, e que se encontram na Roménia”, indica o ministério em comunicado.

Segundo o MNE, o voo partirá de Lisboa com destino à Roménia, onde está um grupo de cerca de 50 pessoas, e regressará a Lisboa no mesmo dia com parte deste grupo.

“Outros elementos viajarão para Portugal pelos seus próprios meios e ficarão no terreno elementos da embaixada de Portugal na Ucrânia”, acrescenta o ministério liderado por Augusto Santos Silva.

De acordo com o comunicado, a hora do voo, que será operado pela TAP, “será divulgada oportunamente, aguardando-se o término de preparativos operacionais”.

O ministério recorda que “os cidadãos que saiam da Ucrânia e que desejem vir para Portugal devem contactar as embaixadas de Portugal dos países de trânsito, para atualizar a informação relativa à sua localização e para que possa ser-lhes prestado o apoio de que necessitem.

O Portal das Comunidades e a página da embaixada de Portugal em Kiev são regularmente atualizados com informação relevante, acrescenta o gabinete.

No sábado, em declarações à Lusa, Augusto Santos Silva disse que cerca de 50 portugueses tinham saído da Ucrânia nas últimas horas nas missões organizadas pela embaixada portuguesa em Kiev e que seriam repatriados nas próximas horas.

“Esta meia centena de pessoas, exatamente são 48, já saíram, já estão fora do território ucraniano e concentrar-se-ão na Roménia”, disse o ministro à Lusa no sábado, precisando que 35 já estavam em território romeno e 13 na Moldova, dado que foram organizadas duas viagens separadas.

Sem comentários

deixar um comentário