11 Agosto 2022, 10:23

Ucrânia: Zelensky nega que Lisichansk esteja sob controlo russo

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, afirmou hoje que é “impossível dizer que Lisichansk esteja sob controlo” russo, assegurando que os combates continuam na periferia da cidade que Moscovo já disse ter capturado.

“Há combates nos subúrbios” da cidade, acrescentou o Presidente ucraniano, durante uma conferência de imprensa com o primeiro-ministro australiano, Anthony Albanese, em Kiev.

Ocupar Lisichansk, na zona leste da Ucrânia, permitiria ao Kremlin controlar toda a região de Lugansk, assim como avançar sobre as já ameaçadas cidades de Sloviansk e Kramatorsk, duas importantes cidades controladas pela Ucrânia na zona industrial do Donbass.

“Há riscos de que a região de Lugansk fique completamente ocupada. Há riscos e nós compreendemos isso”, acrescentou Zelensky, referindo que Lisichansk representa “a maior e mais perigosa situação” para a Ucrânia.

O Presidente ucraniano admitiu que Kiev não tem “vantagem” naquela cidade.

“É o nosso ponto fraco, mas noutros locais estamos a avançar”, frisou.

Hoje, o ministro da Defesa russo disse que o exército russo controlava agora toda a região do Lugansk, após a conquista de Lisichansk, cidade que tem sido palco de combates intensos entre as duas forças.

Sem comentários

deixar um comentário