08 Dezembro 2021, 10:09

UE apela a contenção da violência no Líbano após ataque contra manifestantes

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Bruxelas, 15 out 2021 (Lusa) — A União Europeia (UE) apelou hoje às partes interessadas que evitem uma escalada de violência no Líbano, na sequência de um tiroteio durante uma manifestação em Beirute que provocou, na quinta-feira, pelo menos seis mortos.


“Apelamos a todos os partidos e líderes a agirem com calma e responsabilidade para evitar uma escalada de violência neste momento crítico para o Líbano. A prioridade deve residir na abordagem construtiva e urgente de todas as crises que o Líbano e o seu povo têm de suportar já há muito tempo”, segundo um comunicado divulgado pelo Serviço de Ação Externa da UE.


A UE condenou o uso da violência e apelou ainda “à máxima contenção para evitar mais perdas de vidas sem sentido, defendendo que deve ser dada prioridade à “abordagem construtiva e urgente de todas as crises que o Líbano e o seu povo têm de suportar já há muito tempo”.


Os 27 consideram também que a investigação da explosão no porto de Beirute, em 04 de agosto de 2020, deve ser concluída assim que possível, com imparcialidade, credibilidade e transparência.


Os partidos xiitas Amal e Hezbollah relataram que vários dos seus apoiantes foram mortos ou gravemente feridos num ataque realizado por francoatiradores durante os protestos.


Um tiroteio por francoatiradores fez na quinta-feira pelo menos seis mortos e mais de 30 feridos durante um protesto em Beirute.


Os manifestantes dirigiam-se ao Palácio da Justiça para protestar contra o juiz Tarek Bitar, a quem acusam de “politizar” a investigação da explosão no porto de Beirute, em 2020, depois de o magistrado ter convocado, esta semana, dois ex-ministros do movimento Amal para depor.


A manifestação ocorreu no mesmo local onde os familiares das vítimas da explosão no porto de Beirute se reúnem regularmente para exigir que a investigação seja concluída.



IG (PMC) // FPA


Lusa/fim

Sem comentários

deixar um comentário