08 Fevereiro 2023, 03:34

UEFA ordena fecho parcial do estádio do Atlético de Madrid frente ao City

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

A UEFA ordenou hoje o encerramento parcial do estádio do Atlético de Madrid no próximo jogo frente ao Manchester City, na quarta-feira, para a Liga dos Campeões, devido ao “comportamento discriminatório” dos adeptos na primeira mão.

De acordo com a decisão do órgão disciplinar competente, que não especifica qual foi o “comportamento discriminatório” dos adeptos espanhóis, o Atlético de Madrid terá de informar, antes da partida, qual o setor do estádio que será fechado ao público, sendo que o mesmo deve incluir, pelo menos, cinco mil lugares, e ainda uma faixa com o slogan «Não ao Racismo», com o logotipo da UEFA.

O Atlético Madrid perdeu por 1-0 na terça-feira, na primeira mão dos quartos de final da Liga dos Campeões, no estádio Ethiad, frente ao Manchester City, e vai agora receber os campeões de Inglaterra no estádio Wanda Metropolitano, na capital espanhola, na quarta-feira.

O golo da vitória dos «citizens» foi apontado pelo médio belga Kevin De Bruyne, aos 70 minutos.

Sem comentários

deixar um comentário