08 Setembro 2022, 22:06

Universidade de Daca vai promover ensino do português no Bangladesh

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Lisboa, 16 ago 2022 (Lusa) — O Bangladesh juntou-se aos mais de 70 países onde o instituto Camões promove o ensino e a disseminação da língua portuguesa, ao abrigo de um protocolo de cooperação assinado hoje com a Universidade de Daca.


Em comunicado, o Camões — Instituto da Cooperação e da Língua diz que o protocolo com a Universidade de Daca é o primeiro com uma instituição do Bangladesh e visa “estabelecer as condições para apoiar a promoção do ensino de língua portuguesa e para a disseminação da língua e cultura portuguesas no país e na região, contribuindo assim para a internacionalização da língua portuguesa”.


O acordo, acrescenta a nota, foi assinado pelo presidente do conselho diretivo do Camões, João Ribeiro de Almeida, e, à distância, pelo tesoureiro da Universidade bengali, Mamtaz Uddin Ahmed, na presença do embaixador do Bangladesh em Portugal, Tarik Ahsan.


Segundo o comunicado, a atividade do Camões estende-se a mais de 70 países, através da sua rede direta de docência e de cerca de 310 protocolos assinados com associações e instituições de ensino básico, secundário e superior no estrangeiro.


Através destes acordos, o Camões apoia a criação de escolas associadas, a contratação de docentes por parte de universidades estrangeiras e a criação de Centros de Língua Portuguesa e de cátedras Camões.


O Camões – Instituto da Cooperação e da Língua é um instituto público tutelado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros que tem por missão propor e executar a política de cooperação portuguesa e a política de ensino e divulgação da língua e cultura portuguesas no estrangeiro.



FPA // LFS


Lusa/fim

Sem comentários

deixar um comentário