06 Dezembro 2022, 20:25

Vacinação sazonal contra covid-19 e gripe inicia-se hoje

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



A vacinação sazonal contra a covid-19 e a gripe inicia-se hoje em Portugal com o objetivo de proteger os grupos mais vulneráveis, estando previsto vacinar cerca de três milhões de pessoas até dezembro.

O processo vai arrancar de forma gradual, devido à chegada das vacinas ao país na véspera, hoje apenas em cerca de uma dezena de pontos de vacinação de norte a sul de Portugal continental, mas entrando em “velocidade de cruzeiro” já nos dias seguintes.

Os primeiros a ser chamados à vacinação serão os maiores de 80 anos com comorbilidades, um processo que vai decorrer novamente de forma escalonada, por faixas etárias, avançando à medida que se esgotem os agendamentos na faixa etária mais elevada.

São elegíveis para serem vacinadas as pessoas com 60 ou mais anos de idade, os residentes e profissionais dos lares de idosos e da rede nacional de cuidados continuados, as pessoas a partir dos 12 anos com doenças de risco, as grávidas com 18 ou mais anos e doenças definidas pela Direção-Geral da Saúde e os profissionais de saúde e outros prestadores de cuidados.

A campanha de vacinação da covid-19 vai utilizar já as vacinas adaptadas à variante Ómicron e que foram aprovadas pelo regulador europeu (EMA).

No entanto, na vacinação primária contra o coronavírus SARS-CoV-2 continuam a ser utilizadas as vacinas originais.

A campanha arranca numa altura em que a cobertura da vacinação primária completa é de 93%, sendo o grupo etário menos vacinado o das crianças entre os 5 e os 11 anos, com apenas 44%.

A vacinação de reforço está nos 66% da população elegível e a segunda dose de reforço já foi administrada a 63% dos idosos com 80 ou mais anos.

O coordenador da logística, coronel Penha-Gonçalves, prevê que a vacinação contra a covid-19 e contra a gripe termine em 17 de dezembro.

Com uma capacidade semanal de agendamento de cerca de 280 mil pessoas, o dispositivo está distribuído por todo o território continental, através de 397 pontos de vacinação, dois terços dos quais localizados em centros de saúde e um terço em centros específicos de vacinação.

Tags

Sem comentários

deixar um comentário