24 Setembro 2022, 08:30

Varandas diz que Sporting tem orgulho em não estar sob investigação desportiva

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

O presidente do Sporting, Frederico Varandas, disse hoje que todos os adeptos estão orgulhosos por o clube “não estar envolvido em nenhum processo de investigação desportiva”, num almoço que juntou cerca de 300 adeptos, na Madeira.

“Eu sei que todos os sportinguistas, quer os da Madeira, os do Porto, quer os de Lisboa, quer os de Faro, têm muito orgulho, hoje em dia, em ver o seu clube não envolvido em nenhum processo de investigação desportiva”, sublinhou o líder «leonino», à chegada ao almoço que teve lugar em Câmara de Lobos, horas antes do embate com o Marítimo, para a 24.ª jornada da Primeira Liga.

Frederico Varandas continuou a enaltecer que “tão importante como vencer, é a maneira como se vence”, deixando implícitas críticas aos dois rivais [Benfica e FC Porto] e reforçando que para o campeão em título “os valores contam”.

Para o líder «leonino», o orgulho assenta também na “não criação de sacos azuis, desvios de milhões de euros para familiares do conselho de administração e desvios para pagamentos de milhares de euros para bruxas e videntes”.

Sobre as eleições do Sporting, em 05 de março, para o próximo quadriénio, Varandas garantiu que jamais pedirá que votem na sua lista, mas que “votem em quem acham que cuide melhor” do clube.

“Nunca se esqueçam que sem estabilidade, não há crescimento. Sem estabilidade, não há sucesso”, terminou o candidato da lista A, Frederico Varandas.

Segundo o presidente do Núcleo do Sporting na Madeira, José Câmara, fundado em agosto último, o arquipélago conta até à data com mais de 1.300 sócios residentes, que “querem ser tratados da mesma maneira”.

Revelando ainda que “tudo se conjuga para que em breve tenha devidamente licenciada uma academia do Sporting na Madeira”.

Sem comentários

deixar um comentário