18 Outubro 2021, 08:03

Vendas consolidadas da Jerónimo Martins sobem 3,5% em 2020 para 19,3 mil ME

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Lisboa, 12 jan 2021 (Lusa) – As vendas consolidadas da Jerónimo Martins cresceram 3,5% no ano passado, face a 2019, para 19,3 mil milhões de euros, anunciou hoje a dona do Pingo Doce, cadeia que registou uma queda de 1,9%.


Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Jerónimo Martins adianta que “2020 fecha com forte desempenho marcado por uma ação mais do que nunca focada nas necessidades do consumidor, num contexto particularmente difícil”.


No ano passado, as vendas do Pingo Doce recuaram 1,9% para 3.869 milhões de euros, enquanto as do Recheio recuaram 15,9% para 847 milhões de euros.


Na Polónia, as vendas da Biedronka aumentaram 6,7% (+10,4% em moeda local) para 13.465 milhões de euros, com a Hebe (cadeia de saúde e bem-estar) a recuar 5,4% para 245 milhões de euros.


Na Colômbia, a cadeia Ara viu as vendas crescerem 8,9% para (+24,4% em moeda local) para 854 milhões de euros.



ALU // EA


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário