18 Outubro 2021, 10:42

Ventura quer “limpar Portugal” e julgar a esquerda

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Coimbra, 30 mai 2021 (Lusa) — O presidente do Chega prometeu hoje “limpar Portugal” se um dia chegar ao Governo e “chamar à responsabilidade” a esquerda “pelo que fizeram” ao país e os políticos que roubaram “até ao tutano”.  


“Se com Passos Coelho houve um ex-primeiro-ministro preso, talvez com André Ventura houvesse vários dirigentes de esquerda presos em Portugal porque roubaram este país até ao tutano”, disse Ventura no discurso de encerramento do III Congresso Nacional do partido, que hoje terminou em Coimbra.


Num ataque violento à “esquerda e à extrema-esquerda”, o líder e deputado único do Chega afirmou ainda que, se um dia tiver responsabilidades, “chamará à responsabilidade a esquerda e extrema-esquerda pelo que fizeram a Portugal”.


Apontando ao PS e António Costa, Ventura afirmou que “isto de destruir um país em pandemia com o suposto objetivo de controlar a pandemia” terá que “ser levado à responsabilidade”.


E ao contrário do que disse ter acontecido com o Governos PSD/CDS de Passos Coelho, se chegar ao poder não quer ser “o limpa lençóis”, mas sim “chamar à responsabilidade a esquerda e a extrema-esquerda pelo que fizeram a Portugal”.


 


NS // ACL


Lusa/fim

Sem comentários

deixar um comentário