05 Fevereiro 2023, 10:26

Verstappen parte da ‘pole’ para a prova que lhe pode dar o título de Fórmula 1

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



O neerlandês Max Verstappen (Red Bull) conquistou hoje a ‘pole position’ para o Grande Prémio do Japão de Fórmula 1, 18.ª prova da temporada, que lhe pode dar já o título mundial em caso de vitória e volta mais rápida da corrida.

Verstappen fez a sua melhor volta logo na primeira tentativa da derradeira fase da qualificação, a Q3, rodando em 1.29,304 minutos, batendo o monegasco Charles Leclerc (Ferrari) por apenas 0,010 segundos, a diferença mais curta de uma qualificação esta temporada.

O espanhol Carlos Sainz (Ferrari) foi o terceiro, a 0,057 segundos de Verstappen.

“Estou muito contente por estar na ‘pole'”, frisou o campeão mundial em título.

A corrida poderá ter chuva e baralhar as contas.

“Vai ser interessante ver como se comporta o tempo. Mas estou confiante porque temos um bom carro”, disse ainda Verstappen, no final da sessão.

Esta foi a sexta ‘pole’ da temporada para o piloto neerlandês, de 25 anos, 18.ª da carreira.

O mexicano Sérgio Pérez (Red Bull), o outro candidato ao título, juntamente com Verstappen e Leclerc, parte da quarta posição da grelha.

Com 341 pontos, mais 104 do que Leclerc e 106 do que Pérez, Verstappen precisa de vencer e fazer a volta mais rápida em corrida (que vale um ponto extra) para não depender do que fizerem os adversários e festejar o bicampeonato a quatro provas do final da temporada.

Já esta manhã, o neerlandês tinha sido o mais rápido na terceira sessão de treinos livres, depois de os dois Mercedes terem dominado as duas primeiras sessões, na sexta-feira, disputadas com piso molhado.

O GP do Japão é a 18.ª prova das 22 da temporada.

Sem comentários

deixar um comentário