06 Julho 2022, 04:07

Vinte nove mortos por cólera numa semana nos Camarões

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Yaoundé, 25 mar 2022 (Lusa) – Vinte e nove pessoas morreram de cólera numa semana nos Camarões, principalmente no oeste do país, que enfrenta um “surto de casos”, anunciou hoje o ministro da Saúde.


A doença, da qual se pode morrer em poucas horas na ausência de tratamento, reaparece periodicamente neste país da África Central, com uma população de mais de 25 milhões.


“Entre 16 e 22 de março de 2022, um surto de casos de cólera foi registado no sudoeste, com mais de 300 casos notificados”, escreveu Manaouda Malachie na rede social Twitter.


Vinte e sete pessoas morreram de cólera em três grandes cidades do oeste dos Camarões e duas na capital Yaoundé.


Desde outubro de 2021, a epidemia de cólera matou 62 pessoas e foram identificados quase 2.100 casos, segundo Malachie.


“Foi ativado o sistema de gestão de incidentes (…) para assegurar a coordenação das medidas tomadas e da vacinação reativa”, escreveu o ministro.


Entre janeiro e agosto de 2020, a cólera matou 66 pessoas nos Camarões.


No início de 2021, a Organização Mundial da Saúde informou haver 1,3 a 4 milhões de casos de cólera todos os anos e 21.000 a 143.000 mortes em todo o mundo.



DD // SB


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário