16 Agosto 2022, 18:10

Von der Leyen e nove comissários em “retiro de trabalho” com Guterres em Nova Iorque

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



A presidente da Comissão Europeia, Ursula Von der Leyen, e nove comissários vão participar, entre quinta e sexta-feira, num “retiro de trabalho” em Nova Iorque com o secretário-geral da ONU, António Guterres, e outros altos funcionários das Nações Unidas.

Em comunicado, o executivo comunitário explica que nesta reunião inédita, que “eleva a parceria União Europeia (UE)-ONU a outro nível”, a Comissão Europeia e as Nações Unidas discutirão “os principais desafios enfrentados pela ordem multilateral e as áreas prioritárias de ação no atual contexto internacional, em particular a guerra de agressão da Rússia contra a Ucrânia”.

Ainda de acordo com Bruxelas, a Comissão e a ONU discutirão “como a parceria UE-ONU pode ajudar a abordar áreas decisivamente prioritárias como a segurança alimentar, a ação climática e a proteção da biodiversidade, a implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, e a cooperação digital”.

“O mundo está num ponto de inflexão importante. A guerra de agressão da Rússia contra a Ucrânia está a prejudicar a ordem internacional e a economia global. É uma violação flagrante da Carta das Nações Unidas, com consequências que vão além da Ucrânia e da Europa. Estamos a trabalhar em estreita colaboração com a ONU para defender o multilateralismo, que é a melhor proteção contra o ‘direito de poder’, e para enfrentar as necessidades prementes do mundo”, comentou hoje Von der Leyen, antecipando o ‘retiro’ nova-iorquino.

No final dos trabalhos, Von der Leyen e António Guterres deverão dar uma conferência de imprensa, sexta-feira ao final da tarde em Nova Iorque.

Sem comentários

deixar um comentário