06 Fevereiro 2023, 09:50

Wall Street fecha em baixo com receios sobre a inflação a imporem-se

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Nova Iorque, 09 dez 2022 (Lusa) – A bolsa nova-iorquina encerrou hoje em baixa, com os investidores a cederem a um indicador sobre os preços, que saiu acima do esperado, o que leva a antecipar que a inflação vai requerer tempo para descer.


Os resultados definitivos da sessão indicam que o índice seletivo Dow Jones Industrial Average recuou 0,90%, o tecnológico Nasdaq perdeu 0,70% e o alargado S&P500 desvalorizou 0,73%. Esta foi mesmo a nona sessão de perda do S&P500 nas últimas 11 onze sessões.


Os índices começaram a sessão logo em baixa, depois de conhecido o índice de preços na produção (PPI, na sigla em Inglês), que apresentou uma subida mensal de 0,3%, acima dos 0,2% previstos.


Por outro lado, a subida destes preços em termos anuais é de 7,4%, mais do que os 7,2% antecipados, mas nitidamente menos do que os 8,1% constatados em outubro.


Contudo, “isto não deve modificar a trajetória da Fed [Reserva Federal (Fed), o banco central dos EUA] na próxima semana”, que a deve fazer subir a taxa de juro de referência em meio ponto percentual, na quarta-feira, comentou Bill Northey, do US Bank Wealth Management.


Mas Wall Street reanimou, depois da publicação do inquérito mensal da Universidade do Michigan sobre a confiança dos consumidores, mas não aguentou o dia.


Para Edward Moya, da Oanda, os investidores privilegiaram as antecipações de inflação no curto prazo (um ano), que estão ao nível mais baixo desde há 15 meses, em 4,6%, o que pode encorajar a Fed a aliviar a dureza da sua política monetária.  


Mas a impressão geral é a de que se a inflação está a baixar, está a fazê-lo de forma lenta.


Assim, mesmo que o ritmo de crescimento dos preços arrefeça, os investidores estão convencidos de que a Fed “vai continuar a subir a sua taxa diretora” em 2023, antecipou Bill Northey, o que é desfavorável para o mercado acionista.


Os investidores esperam agora que a taxa de juro de referência da Fed supere os cinco por cento em junho.


Entre as cotadas, destaque-se a situação que envolve a empresa chinesa de pesca industrial Pingtan Marine Enterprise, cotada no Nasdaq, que foi suspensa da cotação, depois de o Departamento do Tesouro dos EUA anunciar sanções que a visavam, por acusações de pesca ilegal. Os ativos da Pingtan e do seu presidente, Xinrong Zhuo, nos EUA foram congelados.


Esta é a primeira vez que uma empresa cotada no Nasdaq é alvo de sanções do Departamento do Tesouro.


 


RN // RBF


Lusa/fim

Sem comentários

deixar um comentário