10 Setembro 2022, 11:36

Wolverhampton acusa adeptos do Farense de racismo e reporta caso à UEFA

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Faro, 31 jul 2022 (Lusa) — O Wolverhampton, equipa inglesa orientada pelo português Bruno Lage, acusou hoje os adeptos do Farense de insultos racistas contra um futebolista e anunciou que vai reportar o caso à UEFA.


“Estamos muito desapontados por informar que um dos nossos jogadores foi alvo de insultos discriminatórios de adeptos adversários durante o jogo desta noite com o Farense”, informou o clube inglês, em nota publicada nas redes sociais, sem especificar o nome do atleta em causa.


Farense e Wolverhampton empataram hoje 1-1, no jogo de apresentação da equipa da II Liga de futebol aos seus sócios, no Estádio de São Luís, com golos de Cristian Ponde, aos três minutos, e de Hwang, de grande penalidade, aos 56.


A equipa da Premier League revelou ainda que vai reportar o incidente à UEFA, além de pedir ao clube de Faro e às autoridades relevantes que investiguem o caso.


“Estamos a dar todo o nosso apoio ao jogador envolvido. O racismo, em qualquer forma, é completamente inaceitável e nunca deve ser deixado sem resposta”, conclui a nota do Wolverhampton.


 


EYP // AMG


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário