12 Agosto 2022, 13:43

Wolverhampton é ineficaz no ataque e perde com Aston Villa nos descontos

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Redação, 12 dez 2020 (Lusa) — O Wolverhampton, de Nuno Espírito Santo, voltou hoje a perder na Liga inglesa de futebol, no quarto de cinco jogos sem vencer, ‘traído’ por uma grande penalidade já nos descontos, que deu o triunfo ao Aston Villa (1-0).


O avançado internacional mexicano Raúl Jiménez, que sofreu uma fratura craniana, a que teve de ser operado, há duas semanas, foi homenageado antes do jogo e, perante a incapacidade de finalização da equipa, ficou evidente que é uma baixa de peso.


Os jogadores entraram no Molineux Stadium com uma tarja a ocupar uma das bancadas centrais, com a imagem de Jiménez, que já teve alta, e a inscrição “Fuerza Raul” e “A força de um lobo está na alcateia”, uma citação do ‘Livro da Selva’, de Rudyard Kipling.


Com a tarja a ser financiada por adeptos, o jogador recorreu às redes sociais para agradecer a todos que o têm apoiado, mas em campo a sua equipa, que teve o português Fábio Silva na frente de ataque, foi demasiado perdulária.


Nuno Espírito Santo fez alinhar seis portugueses de início – Rui Patrício, Nélson Semedo, João Moutinho, Pedro Neto, Podence e Fábio Silva – e contou com Vitinha e Rúben Neves no banco, este a entrar já aos 80 minutos.


Fábio Silva, com 18 anos e 146 dias, tornou-se o segundo futebolista mais jovem da história do clube a ser titular, apenas superado por Anthony Forde, que jogou com 18 anos e 41 dias, em 2011, diante do Arsenal.


O avançado contratado ao FC Porto até podia ter marcado, num lance em que Podence, o melhor jogador em campo dos ‘wolves’, o serviu, mas Fábio Silva atirou ao poste, aos 69 minutos, um pouco antes de o guarda-redes do Aston Villa negar o golo a Dendoncker, aos 80.


Já com o Aston Villa reduzido a 10, por segundo amarelo a Douglas Luiz aos 85 minutos, o ‘balde de água fria’ para o Wolverhampton surgiu quando a equipa ainda procurava o golo, numa grande penalidade do lateral Nélson Semedo.


Anwar El-Ghazi converteu o castigo, aos 90+4, e os ‘wolves’ ainda viram João Moutinho ser expulso, também com um segundo amarelo.


A derrota deixa a equipa de Nuno Espírito Santo no 11.º lugar, mas ainda pode cair algumas posições, com a conclusão de jogos da 12.ª jornada, enquanto o Aston Villa subiu ao oitavo lugar e ultrapassou o adversário de hoje.



RPM // AMG


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário