01 Julho 2022, 07:05

Wolverhampton eliminado na Taça de Inglaterra, Manchester City afasta Fulham

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Redação, 05 fev 2022 (Lusa) — O Wolverhampton, treinado por Bruno Lage e com vários portugueses em campo, foi hoje eliminado nos 16 avos de final da Taça de Inglaterra em futebol pelo Norwich, que venceu por 1-0.


Um golo muito perto do intervalo do médio escocês Kenny McLean (45+1 minutos) traduziu a superioridade dos ‘canaries’ diante de um ‘Wolves’ sem algumas peças influentes, com José Sá no banco e que apenas fez entrar Raul Jiménez aos 64.


Um dia depois de receber o prémio de melhor treinador de janeiro da Liga inglesa, Bruno Lage viu a sua equipa sofrer a primeira derrota em sete jogos, quase dois meses após ter perdido em casa do campeão Manchester City (1-0).


A derrota de hoje, num jogo com os portugueses Toti Gomes, Nélson Semedo, Rúben Neves, João Moutinho, Podence e Fábio Silva, de início, e com o reforço Chiquinho, saído do banco, tem a agravante de deixar a equipa fora da Taça.


Um dia depois da surpreendente eliminação do Manchester United, de Cristiano Ronaldo, Bruno Fernandes e Diogo Dalot, o campeão europeu Chelsea, o West Ham e o Southampton estiveram em risco, mas conseguiram ‘salvar’ a continuidade no prolongamento.


Sem o treinador Thomas Tuchel, infetado com o novo coronavírus, o Chelsea precisou do tempo ‘extra’ para afastar o modesto Plymouth, que ainda falhou um penálti aos 118 minutos, enquanto o West Ham foi duas vezes salvo ‘in extremis’.


Os ‘hammers’ estiveram a perder com o Kidderminster, da sexta divisão (Conferência Norte) até aos 90+1, com Declan Rice a levar o jogo para prolongamento, e foi também aos 120+1 que Bowen evitou o desempate por grandes penalidades, ao fazer o 2-1.


Já o Southampton também esteve a perder com o Coventry, da segunda divisão, e só garantiu a qualificação no prolongamento, pelo mesmo resultado de 2-1.


Sem surpresa, o campeão Manchester City, com João Cancelo a titular, Bernardo Silva apenas aos 78 minutos e Rúben Dias no banco, goleou por 4-1 o líder do Championship, o Fulham, do português Marco Silva.


A equipa até esteve a vencer, com um golo do ‘cobiçado’ luso-inglês Fábio Carvalho, aos quatro minutos, mas Gundogan, aos seis, John Stones, aos 13, e Mahrez, aos 53 e 57, ‘definiram’ a diferença entre os líderes da ‘Premier’ e do segundo escalão.


Apurados para os oitavos de final estão também Crystal Palace e Everton, que não deram grande margem de manobra aos adversários, com os primeiros a afastarem o Hartlepool (2-0), enquanto os ‘toffees’, que estrearam o técnico Frank Lampard e tiveram André Gomes em campo, bateram o igualmente primodivisionaário Brentford (4-1).


A Taça de Inglaterra terá ainda hoje o Tottenham em campo, com os ‘spurs’ a receberem o Brighton, enquanto o Liverpool e Leicester jogam apenas no domingo, com Cardiff e Nottingham Forest, respetivamente.



RPM // JP


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário